Mulheres são maioria do eleitorado e dos indecisos; Indefinição eleitoral trava a economia. Jornais de domingo (29)

O Globo destaca, na sua primeira página, que as mulheres vão definir o resultado das eleições de outubro. Na manchete, o matutino carioca comenta também que o grande número...
como utilizar a urna eletrônica

O Globo destaca, na sua primeira página, que as mulheres vão definir o resultado das eleições de outubro. Na manchete, o matutino carioca comenta também que o grande número de indecisos até o momento dificulta as projeções dos candidatos. As mulheres representam 52,5% dos eleitores e também são um desafio para os candidatos: 80% delas ainda não decidiu em quem vai votar.

Enquanto a saúde é considerada a prioridade para as eleitoras, O Globo afirma que, ao serem perguntados sobre suas propostas para o público feminino, cinco presidenciáveis não citaram a saúde entre seus projetos. “Mulheres, com indecisão recorde e em maioria, vão definir a eleição”, sublinha o título principal do Globo.

O Estado de S.Paulo também dá destaque às próximas eleições na manchete e afirma que a dificuldade de prever quem será o vencedor da disputa pela presidência está afetando a economia brasileira. De acordo com o Estadão, a economia deve se manter em “ponto morto” enquanto não é possível prever se o Brasil terá um governo de direita ou de esquerda em 2019.

O clima de indefinição põe os investimentos em espera e as expectativas do PIB para 2018 devem cair ainda mais. “Indefinição eleitoral paralisa negócios e trava a economia”, mostra a manchete do Estadão.

A Folha de S.Paulo mostra dados do Ministério da Saúde sobre os gastos do país com hospitalizações causadas por abortos. Segundo o matutino, no período de 2008 a 2017, o SUS gastou R$ 486 milhões para tratar complicações do aborto. Os números serão usados em julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) que vai discutir a descriminalização do aborto.

Nos dias 3 e 6 de agosto, uma audiência pública vai reunir expositores para discutir ação que pede a descriminalização da prática. “SUS gastou R$ 486 mi com complicações por aborto”, revela a manchete da Folha.

Categorias
Notícias Gerais

Relacionado por

Watch Dragon ball super